Saiba qual é a importância de desenvolver as habilidades socioemocionais nos alunos

Para formar pessoas responsáveis e com habilidades sociais, é preciso que as escolas trabalhem além dos conceitos básicos das matérias curriculares com seus alunos. As habilidades socioemocionais – também chamadas de não-cognitivas, interdisciplinares ou transversais – são as competências que podem ser ensinadas, praticadas e aprendidas, tanto na escola quanto em casa, por meio de diversas atividades, que são fundamentais para a formação do indivíduo.

Quais são as habilidades socioemocionais?

O bom desenvolvimento das habilidades socioemocionais está diretamente relacionado com o futuro profissional do indivíduo e com o aprendizado que o aluno terá como guia até o restante de sua vida. Assim, é preciso que essas habilidades sejam trabalhadas desde cedo pela família e pela escola.

Essas habilidades são aquelas que envolvem competências emocionais, sociais e éticas que influenciam como cada pessoa irá se relacionar com os indivíduos ao seu redor, com as suas próprias emoções e sentimentos e com o modo como viverá sua vida e alcançará seus objetivos pessoais e profissionais.

Estamos vivendo em uma época de intensas e complexas transformações sociais que exigirá cada vez mais que os indivíduos saibam lidar com o que ocorre tanto ao seu redor quanto em seu interior.  Por isso, as principais habilidades que serão exigidas das pessoas no século XXI serão as que envolvem ações como autogerenciamento, autoconsciência, consciência social, habilidades de relacionamento, tomadas de decisão responsável, além de inteligência emocional e gerenciamento de pessoas.

Além disso, as pessoas do século XXI precisarão desenvolver empatia, otimismo, responsabilidade confiança e criatividade.

Afinal, qual é a importância de desenvolver tais habilidades?

Desenvolver as habilidades socioemocionais dos alunos está diretamente relacionado com o modo como eles enxergam e enfrentam o mundo ao seu redor, já que são as competências responsáveis por ensinar para as crianças e para os jovens como eles devem lidar com os seus sentimentos, como podem tomar decisões responsáveis e como podem aprimorar sua capacidade de viver em sociedade.

É importante esclarecer que o desenvolvimento das habilidades socioemocionais não deve ser reconhecido como algo contrário às práticas tradicionais de ensino, isto é, com a educação pautada nos conteúdos vistos frequentemente nos vestibulares e, por isso, trabalhados em sala de aula. As habilidades socioemocionais precisam ser trabalhadas junto com as matérias regulares, de forma interdisciplinar.

Os alunos precisam estar em contato com as características que os formam para a vida e não apenas para uma faculdade e a área profissional que escolherem no futuro. Quem desenvolve habilidades como resiliência, sociabilidade, tomadas de decisões responsáveis e empatia para com o próximo, alcança um sucesso maior em relação àqueles que não desenvolveram essas competências.

Como trabalhar as habilidades socioemocionais na escola

Existem várias formas de trabalhar e incentivar o desenvolvimento das habilidades socioemocionais nas escolas através de atividades em sala de aula e conversas com os alunos. O gestor e a equipe pedagógica podem aplicar atividades em que os alunos precisem reconhecer suas emoções e o que estão sentindo em relação à determinada situação.

É possível promover aulas e atividades em que a criatividade seja trabalhada por meio de desenhos, criação de histórias, show de talentos e outras oficinas. Estimular que os alunos participem de ações voluntárias e sociais na comunidade também é uma maneira de trabalhar as habilidades socioemocionais.

Os benefícios do desenvolvimento das habilidades socioemocionais

Ao trabalhar o desenvolvimento das habilidades socioemocionais com seus alunos é possível reconhecer diversos benefícios, como a melhoria do aprendizado e a diminuição de problemas relacionados com a indisciplina.

Há ainda a diminuição do bullying entre os alunos e a redução do uso de drogas e álcool por parte dos jovens, auxiliando no combate aos transtornos mentais entre os estudantes.

A sua escola trabalha as habilidades socioemocionais? Como elas são inseridas no currículo escolar? Conte para nós nos comentários abaixo!

Conte sempre com o Sponte, seu Software de Gestão Educacional.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *