Skip to main content
Saiba como definir a persona de sua escola

Saiba como definir a persona de sua escola

Uma escola tem a possibilidade de utilizar diferentes estratégias para aplicar o Marketing Educacional em sua gestão e, assim, poder entrar em contato com os alunos, funcionários, pais e responsáveis. Um dos principais pontos do Marketing que o gestor precisa estar atento é na segmentação de seu público e, consequentemente, na definição de persona de sua escola.

Como definir a persona de sua escola

Antes de começar a definir a sua persona, é preciso saber as diferenças entre público-alvo e persona. Enquanto o público-alvo é uma definição mais generalizada, sem abordar hábitos e objetivos, a persona considera uma definição mais específica do indivíduo, apresentando informações mais detalhadas sobre hábitos, estilo de vida e trabalho. Pode-se dizer que o conceito de público-alvo aborda a generalização do consumidor que pode ter interesse em seu produto e que a persona é a definição de seu consumidor ideal.

Ter uma persona definida é essencial para saber planejar e direcionar as estratégias de marketing de sua escola, como o conteúdo que será produzido e a mensagem que será transmitida. Diferentes tipos de escolas podem trabalhar com o conceito de construção de persona: escolas de idiomas, ensino básico, ensino técnico, graduação e pós-graduação e escolas de cursos livres.

Como cada uma dessas escolas tem um determinado perfil de público, isso interfere na maneira como a escola deve se comunicar com seus alunos. Por exemplo, uma escola de ensino infantil ao médio se comunicará com os pais, enquanto que uma faculdade e uma pós-graduação se direcionará diretamente para o aluno.

O gestor deve buscar em seus alunos atuais as informações que os fizeram escolher a sua escola para estudarem. Para isso, ele precisa realizar pesquisas e entrevistas com quem já estuda em sua instituição para que possa coletar seus dados, opiniões e interesses pessoais e profissionais. Pode-se dizer que a persona é uma pessoa semifictícia, já que é a união de todas as informações das várias personalidades presentes em um mesmo público.

Estruturando a sua persona

Para estruturar a persona de sua escola, é preciso ter informações como gênero, idade, estado civil, profissão, formação acadêmica, onde mora e faixa de renda. Dados relacionados aos hábitos da pessoa também são fundamentais, então procure saber informações como seus objetivos profissionais, objetivos pessoais, o que ela gosta de fazer no tempo livre, como se informa, quais são seus hobbies, quais são suas dificuldades no estudo, entre outros. Além disso, é importante nomear a persona, com um nome fictício, para que o perfil esteja mais o mais próximo possível da realidade.

O seu aluno é uma criança (dependente) ou é um jovem adulto (independente)? Ele é bolsista ou consegue pagar a mensalidade integral? Ele mora perto ou longe da escola? Quais são suas ambições: estudar e entrar em uma boa faculdade, se profissionalizar em algo ou aprender um novo idioma? Quais são seus interesses no curso ou escola escolhida? Essas são algumas perguntas importantes de serem feitas pelo profissional que está desenvolvendo a persona de uma escola.

Com as respostas, será possível estruturar a persona e realizar o planejamento de conteúdo e comunicação. Os conteúdos a serem desenvolvidos devem mostrar para o aluno como a escola pode atender suas necessidades e desejos. Confira o exemplo de persona elaborada para uma escola de idiomas:

Nome: Gabriela

Faixa etária: 17 anos.

Profissão: estudante.

Onda mora: Região Sul.

Nível de escolaridade: Ensino Médio e curso pré-vestibular.

Objetivos que quer alcançar: Por isso além de suas aulas do Ensino Médio, ela optou por se inscrever em uma escola de inglês para reforçar a sua fluência.

Como se informa: acompanha as notícias pelas redes sociais e sites de jornais.

Dificuldades que enfrenta: Gabriela tem dúvidas em algumas matérias e não consegue saber quais são os horários de plantões de dúvidas de sua escola de idiomas.

Dessa forma, o gestor precisa elaborar conteúdos que informem para seus alunos como eles podem esclarecer suas dúvidas e em quais horários. Ele também pode desenvolver uma iniciativa para os alunos agendarem aulas especiais com tutores, sendo um diferencial em relação aos demais cursos de idiomas de sua região.

A sua escola tem uma persona definida? Conte para nós a sua experiência!

Conte sempre com o Sponte, seu Software de Gestão Educacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *