Skip to main content

A importância de se profissionalizar

Em um ano desafiador, se profissionalizar é uma questão de necessidade. Muitas empresas estão exigindo das pessoas, muito mais que o ensino fundamental e o ensino médio. As empresas querem pessoas capacitadas para preencher as vagas. E quem estiver com o currículo bem estruturado, com vários cursos e especializações têm mais chances de ser escolhido para o cargo.

Uma das vantagens de se profissionalizar em algum curso, seja técnico, profissionalizante, de idiomas, ensino superior ou pós-graduação, é ter além do conhecimento e qualificação, habilidades que farão a diferença no mercado. Mostrar comprometimento, ter capacidade de inovar e fazer a diferença, são características fundamentais para quem quer construir uma carreira profissional de sucesso.

Para entrar ou mesmo se manter no mercado de trabalho, ir em busca de novos conhecimentos é a melhor opção. Novas profissões vão surgindo, enquanto outras simplesmente desaparecem. E são essas novas profissões que vão exigir das pessoas, um grau cada vez maior de especialização.

Para quem opta por fazer um curso profissionalizante, por exemplo, além de poder ter uma profissão assim que termina o ensino médio, o curso pode servir como base para que mais tarde o estudante consiga entrar na faculdade e dar continuidade aos estudos da profissão escolhida.

Tenha metas

Especialistas em educação orientam para que as pessoas planejem sua carreira profissional. Os jovens podem ter um pouco de insegurança, o que é normal com a maioria deles quando o assunto é definir a sua profissão. Mas estabelecer metas e tentar chegar a elas é o primeiro passo para quem quer trilhar o seu caminho da melhor maneira.

Como a escola pode ajudar o jovem a decidir ainda no ensino médio qual profissão seguir?

Não é uma tarefa fácil. Mas as escolas podem estar ajudando o jovem a escolher qual caminho seguir. Levar os jovens até uma universidade para que se sintam mais próximos da realidade e conheçam cursos que talvez lhe interessem; proporcionar aos alunos uma orientação vocacional para que eles consigam identificar suas habilidades e se sentirem atraídos por uma determinada profissão, são algumas estratégias que as instituições podem estar adotando para ajudar os jovens nesse processo considerado difícil.

Como os pais podem colaborar para que os filhos escolham o melhor caminho profissional?

Muitos pais por se preocuparem tanto com a vida dos filhos, acabam tentando influenciar e até mesmo pressionam os filhos para que sigam a mesma profissão que eles. Ou pelo insucesso de suas carreiras, induzem seus filhos a não seguirem os mesmos passos que eles. Especialistas afirmam que isso não é correto, mas acontece com bastante frequência.

O que os filhos precisam é se decidirem sobre qual carreira seguir sem nenhuma influência, e sim com apoio dos pais. É uma escolha bastante pessoal, intransferível e difícil para os jovens. E nesse caso, os pais podem ajuda-lo expondo suas visões sobre determinada profissão, para que o jovem consiga ter confiança e certeza naquilo que quer para seu futuro profissional.

Quando os jovens ainda estão cursando o ensino médio, eles sentem muita pressão. Pressão pelo vestibular, pressão pela formatura, pressão pelas últimas provas e ainda tem que definir qual profissão seguir. Alguns desde mais novos, já sabem que profissional querem ser, mas outros ainda não conseguiram definir. E o papel da escola, dos pais, e da sociedade, é dar a devida informação para que esse jovem consiga escolher sua profissão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *