A importância de fazer a avaliação do que foi feito em cada bimestre

Fazer a avaliação do que foi feito em cada bimestre é uma maneira de poder acompanhar o andamento de cada setor da escola sem que seja preciso esperar o fim de ano. Também conhecido como fechamento de bimestre, essa prática é essencial para que o gestor e a equipe pedagógica possam analisar os resultados de cada etapa do ano escolar.

Como fazer a avaliação das atividades do bimestre

O gestor deve conduzir a avaliação do que foi feito em cada bimestre a fim de que possa analisar com proximidade aquilo que está sendo realizado em sua escola. Dessa forma, há a oportunidade de auxiliar a equipe pedagógica e os demais profissionais a otimizarem suas tarefas com o intuito de alcançarem bons resultados ao longo dos meses, além de traçar estratégias para captar novos alunos e fidelizar as famílias que já fazem parte da escola.

Confira abaixo como essa análise pode ser feita para as diversas áreas da gestão.

Em relação a sala de aula e ao ensino

Dentro da sala de aula há as avaliações bimestrais, nas quais os alunos são questionados sobre o que lhes foi ensinado durante os dois meses anteriores. No entanto, o fechamento de bimestre feito pelo gestor e pelo corpo docente deve avaliar outros elementos, como a didática dos professores durante as aulas e os conteúdos em que os alunos sentiram mais dificuldade.

Em uma conversa com os professores, faça um levantamento de qual foi a impressão de cada educador em relação ao rendimento do bimestre e as atitudes que eles acreditam ser possíveis melhorar, como acrescentar mais tecnologia em sala de aula ou utilizar outro material. Dessa forma, há como otimizar o aprendizado das crianças e dos jovens ainda em um mesmo ano letivo, isto é, no bimestre seguinte.

Em relação aos ambientes da escola

Ao longo de cada bimestre, observe o que precisa ser feito para melhorar o ambiente escolar. Pode ser que seja uma reforma no pátio ou na quadra de esportes, uma nova pintura nas salas de aulas ou a troca de equipamentos na cozinha.

Durante a avaliação, faça um planejamento para o que precisa ser melhorado. Além disso, é importante incluir os alunos a fim de que eles comentem e façam sugestões sobre o que eles gostariam de encontrar em sua escola. Quando os alunos fazem parte desse processo, eles se sentem mais presentes no dia a dia da gestão.

Em relação a participação dos pais e dos responsáveis

Há escolas que convocam os pais e os responsáveis para participarem de reuniões a cada final de bimestre para conferirem o desempenho de seus filhos. Para realizar uma avaliação de fechamento de bimestre, verifique quantas vezes os familiares estiveram presentes na escola e quais foram as ocasiões. Em seguida, analise o que foi discutido entre os pais e responsáveis e a equipe pedagógica.

Além disso, converse com os professores e os questione como eles acreditam que a participação dos pais e dos responsáveis pode ser aperfeiçoada. Dessa forma, é possível saber como essa importante relação pode ser melhorada para os bimestres seguintes.

Em relação a outros fatores

Junto com o corpo docente, faça um levantamento de outros fatores que influenciaram no desempenho bimestral da escola, como o resultado dos fluxos de processos internos, a falta de suporte do gestor, conflitos entre as equipes, entre outros.

Durante a reunião para avaliar o período em questão, é importante que todos os profissionais que atuam na instituição possam dar suas opiniões com o objetivo de discutirem o que pode ser desenvolvido. Além disso, precisa-se ser lembrado que quanto antes algo que não estiver funcionando direito for corrigido, melhor será para o desempenho da escola.

Em sua escola há avaliações de fechamento de bimestre? Quais medidas são tomadas? Conte para nós nos comentários abaixo.

 

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *