A família e a educação

Educação é algo que não se faz apenas dentro dos muros da escola. A interação entre equipes pedagógicas, a comunidade e a família é muito importante para o processo de aprendizagem, mas muitas vezes toda a responsabilidade acaba sendo jogada nas costas das instituições de ensino.

Isso acontece por uma série de fatores, o que cria um verdadeiro desafio para os profissionais de educação: o de inserir a família na vida escolar de crianças e adolescentes.

Para a professora Mariza Teresa Chiari Dantas, a educação de qualidade depende dessa interação. Mariza é professora há 30 anos, especialista em gestão educacional e pedagogica. Na escola em que trabalha, no município paulista de São Carlos, ela coordena o programa Escola da Família, criado pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo em 2003, com o intuito de promover essa aproximação. As informações são do Ministério da Educação.

Pelo projeto, espaços da escola são usados para receber a comunidade em atividades culturais, de lazer, saúde, entre outros. Outra atividade desenvolvida é um curso que trata de assuntos como cuidados essenciais com crianças e adolescentes, educação dos filhos e comportamento. As ferramentas são conversas, apresentações de vídeo, músicas e dinâmicas de grupo. Segundo Mariza, as ações têm resultados positivos.

Outras propostas de interação entre família e escola são abordadas em um artigo sobre o assunto, organizado por Jane Margareth Castro e Marilza Regattieri.

Com base em pesquisas e levantamentos, o estudo classifica quatro grupos de ações, baseadas nos objetivos pretendidos. Um dos grupos, por exemplo, trata da inclusão do aluno em seu contexto.

Para tanto, as iniciativas apuradas pelo estudo utilizaram estratégias nas quais os educadores são preparados para conhecer melhor as condições de vida dos alunos por meio de entrevistas, visitas, questionários e outros contatos com a família. Como resultado, eles melhoram as condições de aprendizagem, possuem maior coordenação de políticas sociais, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *