4 maneiras de detectar as dificuldades de seus alunos

Em diversas turmas escolares pode ter um ou outro estudante que apresenta problemas ou complicações em relação ao ensino, às lições de casa, bullying e outros casos. Nessas situações é fundamental que os professores saibam detectar as dificuldades dos alunos para ajudá-los. Neste artigo, você ficará sabendo quais são as principais formas de solucionar essa importante questão.

É essencial que o gestor e sua equipe pedagógica saibam encontrar maneiras de ajudar seus alunos a lidarem e a superarem as suas dificuldades. Trata-se de uma das principais maneiras de evitar a evasão em sua escola, já que faz com que os alunos se sintam mais motivados a continuarem com seus estudos e a não abandonarem as aulas.

4 maneiras de detectar as dificuldades dos seus alunos

A identificação das dificuldades dos alunos pode ser feita de diversas maneiras, sendo as principais práticas as que envolvem a observação do comportamento do estudante e utilização da tecnologia. Confira a seguir.

1 – Observe e analise o comportamento do aluno

Quando estão passando por dificuldades, os alunos podem demonstrar expressões e sinais que funcionam como indicadores. Entre esses sinais estão as mudanças de comportamento em relação a uma determinada situação, como problemas para se concentrar em uma aula mais difícil, afastamento dos colegas de turma, quedas de desempenho, reclamações para fazer as tarefas e atividades, problemas de autoestima, entre outras.

As mudanças de comportamento devem ser observadas pelos professores com o intuito de identificar as possíveis dificuldades do estudante o quanto antes para ajudá-lo. Junto com a observação também deve ser feita uma análise que permita identificar quais são as causas que levam o aluno a se comportar de maneira diferente do comum.

2 – Converse com o estudante e com sua família

Após realizar as observações, é importante que a escola e os professores conversem com o estudante. Nesse momento, a equipe pedagógica deve demonstrar apoio e acolhimento para que o aluno se sinta confortável para explicar as dificuldades que está enfrentando.

É essencial marcar uma reunião com os familiares do estudante a fim de identificar se a situação ocorre apenas em sala de aula ou se acontece em casa também. Os pais ou os responsáveis podem auxiliar os professores a observarem os comportamentos da criança ou do jovem, e a decidirem quais medidas serão tomadas.

3 – Trabalhe com a aplicação de testes

Se a dificuldade do aluno for em relação ao estudo e às disciplinas, a escola pode trabalhar com a aplicação de testes que envolvam diferentes matérias. Dessa forma, o aluno terá a oportunidade de demonstrar em qual conteúdo tem problemas, como Português ou Biologia, por exemplo.

Os testes podem seguir as estruturas de simulados e podem ser aplicados para todos da turma. Assim, ficará claro para os professores quais são os pontos fortes e fracos de cada aluno.

4 – Utilize a tecnologia

O professor pode utilizar a tecnologia para acompanhar o desempenho de seus alunos e identificar as frequências em cada aula, as notas das provas e outros indicadores que podem mostrar se o estudante está com dificuldades.

O Software de Gestão Escolar Sponte oferece diversos recursos para esse acompanhamento, como o controle de frequência, o Portal do Aluno, histórico de notas e avaliações, além de aplicativos com funções específicas, como o App Gabarito.

Como a sua escola identifica as dificuldades dos alunos? Deixe a sua opinião nos comentários!

Conte sempre com o Sponte, seu Software de Gestão Educacional.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *