4 Dicas para ser um líder eficaz nas escolas

Escolas e instituições de ensino precisam de uma gestão eficiente. Por mais que trabalhemos em uma franquia ou temos a nossa própria, não tem como levar o ensino a pessoas sem ter a certeza de estamos entregando informações de qualidade.

A grande barreira que muitos escolas enfrentam é como saber até onde vai o líder que direciona o melhor caminho a seguir e entra o “chefe” que impõe suas vontades e até mesmo visões?

A Sponte entende que, muitas vezes, um líder precisa escutar pessoas, entender seu ponto de vista e até mesmo suas principais necessidades para poder reunir tudo e trabalhar em cima dos mesmos desejos e ideias.

Sabemos também que nem sempre será tão simples e fácil, no entanto, entre erros e acertos, a experiência conta pontos importantes para que nós não possamos cometer ou repetir as mesmas ações erradas.

Confira conosco algumas dicas que vão te ajudar a ser um líder eficaz nas escolas.

 

Dica 1 –  Nunca deixe de dar atenção a um colaborador

O dia a dia dentro de uma escola é sempre muito dinâmico e cheio de afazeres, com isso acabamos deixando passar despercebido a solicitação de alguns colaboradores.

Entenda que cada um de seu time é importante por algum motivo. Desde aquele que ajuda a manter a limpeza da sua escola em dia, até os professores que são fundamentais para o aprendizado, todos sem qualquer exceção são importantes.

Um verdadeiro líder sabe bem que se um funcionário ou colaborador chegou até ele para apresentar alguma crítica ou sugestão é porque ele já pensou muito e perceber que o que precisa falar é fundamental para o seu dia a dia.

Trate isso com a devida importância e você verá como o rendimento de todos irá ser superior.

Nunca desista de um integrante da sua equipe por falhas que ele possa vir a cometer. Principalmente, se ele foi um profissional exemplar e de um tempo para cá passou a apresentar erros.

Sente com ele e procure entender o momento pelo qual está passando e o motivo de estar com a cabeça em outro lugar. Por vezes, você poderá auxiliar e transformar essa situação negativa em algo bastante positivo.

 

Dica 2 – Valorize sem medo

Os bons resultados só irão aparecer se você souber elogiar sem medo os seus colaboradores. O bom líder sabe quando é o momento ideal de tecer um elogiou e quando é o momento de cobrar.

Se você perceber que haverá um momento do ano do qual você precisará de mais empenho e dedicação de todos de sua equipe, prepare-se para começar a aplicação de inúmeros elogios antes do período.

Não falamos para fazer isso de forma fingida ou forçada, de forma alguma. É que essa é uma das técnicas motivacionais que mais funcionam.

Quando percebemos que somos valorizados por algo que estamos fazendo, nos sentimos na obrigação de entregar cada vez mais! Sendo assim, use essa prática com todos de sua equipe e mostre que você sabe sim reconhecer seus feitos.

Para elogiar vale qualquer ação, desde escrita até com bonificações em dinheiro ou folga.

Avalie o que se enquadra melhor no perfil de sua escola.

 

Dica 3 – Saiba se comunicar

Esse é um dos erros que as pessoas mais cometem e acabam prejudicando a eficiência de seus times pela falta de prática de se comunicar.

Um líder precisa saber fazer uma comunicação interpessoal excelente. Isso não quer dizer que você precisa dar ordens ou sair sendo grosso com as pessoas. Está muito longe disso!

Um bom líder precisa entender que está ali para servir de direção, ou seja, precisa deixar claro quais são as metas e objetivos que a escola tem todos os semestres.

Passe essa informação de forma clara e aponte para cada integrante qual a missão que está dando para que ele contribua no alcance desse objetivo.

Deixe muito claro que você confia nele para executar aquela função, mas que estará por perto caso apareça alguma dúvida ou imprevisto pelo caminho.

O rendimento de um colaborador melhor muito quando ele tem segurança em seu líder e sabe que pode contar com ele para o que precisar, mas ao mesmo tempo, também sente que tem autonomia para tomar decisões.

 

Dica 4 – Tenho uma vocabulário coloquial

Normalmente, o líder de uma escola também é o gestor ou o diretor, sendo assim terá que tratar com pais, alunos, familiares e corpo docente, correto?

A forma com que você se porta perante cada um deles irá te dizer muito sobre o retorno que terá.

Por exemplo, se você usa um vocabulário requintado e repleto de palavras complexas, entende-se que você está em um patamar elevado, afinal não é todo mundo que conseguirá te compreender.

Opte pelo uso de uma linguagem coloquial, aquela que é de fácil entendimento para todos, isso te ajudará a manter o canal de comunicação aberto entre todos e o melhor: no mesmo patamar.

Claro que haverão algumas situações pelas quais você terá que falar firme e se posicionar, mas foi o que falamos no inicio do texto, para isso não há a necessidade de ser ríspido ou grosseiro.

Entenda que quanto mais as pessoas te enxergarem como uma pessoa que joga junto no mesmo time, melhores serão os seus resultados.

 

Queremos saber de você, o que tem feito para se tornar um líder exemplar em sua escola?

Conte para gente! Queremos te ouvir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *